Floresta Estadual do Amapá | Turismo Estado Amapá

Floresta Estadual do Amapá

       A Floresta Estadual (Flota) do Amapá é uma Unidade de Conservação (UC) de uso sustentável, criada com o objetivo de promover o uso racional dos recursos naturais de maneira que garanta sua perenidade e a dos processos ecológicos de forma socialmente justa e economicamente viável. 

     Foi criada pela Lei estadual nº1.028, de 12 de julho de 2006, com uma área descontínua de floresta nativa estimada em 2,3 milhões de hectares, que abrange 16,5% do Estado do Amapá. Seu território compreende os municípios de Serra do Navio, Pedra Branca, Mazagão, Porto Grande, Ferreira Gomes, Tartarugalzinho, Pracuúba, Amapá, Calçoene e Oiapoque (Figura 4). A UC está distribuída em quatro módulos, denominados de I, II, III e IV, e todos são considerados passíveis para processos de concessão de outorga florestal.

    A Flota está vinculada ao Instituto Estadual de Florestas (IEF), e sua gestão é compartilhada com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) do Amapá. Foi criada em terras da união que foram repassadas ao Estado do Amapá com o compromisso de estimular a produção e o desenvolvimento econômico sustentável.

     Limita-se ao norte com a Reserva Indígena Uaçá; ao sul com a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Iratapuru; a oeste com o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, a Terra Indígena Waiãpi e a Floresta Nacional do Amapá; e a nordeste com o Parque Nacional do Cabo Orange. Sua porção leste está próxima a BR-156. 

     Por estar distribuída em dez municípios do estado e não apresentar uma sede definida, o acesso a partir do município de Macapá pode ser pelas BR-156 e BR-210. A vegetação predominante na Flota é floresta de terra firme, especialmente floresta ombrófila densa submontana das terras baixas.

FONTE: Aqrquivo da Secretaria de Meio Ambiente do Amapá - SEMA

Rua Odilardo Silva, Nº1584-Centro

Macapá, AP

E-mail: reservation@amapaecocamping.com

  • Google+ Clean
  • Twitter Clean
  • facebook